Site Overlay

Bahia conquista a Copa Nordeste de Ciclismo pela sétima vez

O ciclismo baiano mostrou no último domingo porque está se tornando referência entre os estados do norte e nordeste brasileiro. A seleção baiana faturou pela sétima vez o título da Copa Nordeste de Ciclismo de Estrada, que na temporada 2016 foi realizada em Aracaju, no Sergipe. Em três dias de competições foram somadas 12 medalhas de ouro, cinco de prata e três bronzes, totalizando 100 pontos. Em segundo lugar no quadro geral de medalhas apareceram os donos da casa, a seleção sergipana, com quatro ouros, nove pratas e quatro bronzes, somando 76 pontos, seguidos de perto pela seleção paraibana, com sete ouros, cinco pratas e três bronzes, e 70 pontos acumulados.

Curta o De Bike no Facebook.

Bahia conquista o setimo título

Sob um céu azul claro e um sol quente desde as seis horas da manhã, os competidores foram para a pista motivados em mostrar toda sua habilidade para as provas de circuito, que foram muito rápidas e exigiram muita técnica. Na elite masculina, Victor Fernandes foi um dos destaques do dia, sendo o ciclista mais agressivo da prova. O sergipano participou de uma fuga logo no início da prova e após algumas voltas no circuito, voltou a atacar e seguiu isolado na liderança por vários quilômetros. Mas faltando três voltas para o final, a fuga intermediaria acabou alcançando Vitor e deixou a disputa embolada pelo pódio. Na reta final, o baiano Renato Martins surpreendeu no sprint final e faturou a medalha de ouro cruzando a linha de chegada em 1h09min19s. Victor Fernandes colocou o Sergipe no segundo lugar do pódio (1h09m20s), milésimos a frente do alagoano Carlos Henrique Souza, terceiro. 

– Apesar de ter ficado na frente durante boa parte da prova fui alcançado e acabei passando em segundo lugar. Isso mostra que o nível das equipes está aumentando cada vez mais e não tem disputa fácil. É preciso ficar 100% focado e atento, então fica registrado aqui o aprendizado. Mas fico feliz de ter ajudado o Sergipe a subir ao pódio e termino a competição satisfeito com o meu desempenho, com a certeza que fiz o meu melhor para obter os melhores resultados -, contou Vitor.

Na elite feminina, a disputa entre a paraibana Karine Monteiro e a piauiense Karine Frota também foi definida na linha de chegada. Melhor para Karine Monteiro, que já havia vencido o contrarrelógio na sexta, voltou a subir no lugar mais alto do pódio na prova de circuito finalizando com 42m15s, apenas meio segundo a frente de Karine Frota. Campeã da prova de resistência, a potiguar Dilma Chacon completou o pódio em terceiro lugar (42m25s).

A competitividade também foi grande entre os atletas da nova geração. Na categoria Junior teve dobradinha da seleção piauiense, com Thyago Tarsom em primeiro e Vitor Alexandre em segundo. O bronze ficou com o paraibano Italo Silva. Já na categoria Juvenil, o Angerson Lucas, da seleção paraibana, foi o grande campeão, finalizando a prova com mais de 1 minuto de diferença para o cearense Gabriel Candido, segundo, e o maranhense Francisco Manuel, terceiro.

Pódio geral dos estados

Entre os mais experientes, o paraibano Reginaldo Anselmo ficou com o título da categoria Veterano. Na máster A1 a vitória foi do sergipano Jaílson Santos e na A2 o ouro foi para o pernambucano José Alberto Feitosa. O cearense Francisco Castro venceu na máster B1 enquanto o sergipano Pedro Santos fez a alegria da torcida local ganhando na B2. O baiano Antonio Cesar Rocha faturou mais um ouro para seu estado na C1 e o paraibano José Felix da Silva levantou a taça de primeiro colocado na C2.

Source: De Bike (Globo) / Bahia conquista a Copa Nordeste de Ciclismo pela sétima vez

Comments

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.