Site Overlay

Gideoni Monteiro fatura duas medalhas para o Brasil em Portugal

A dois meses dos Jogos Olímpicos Rio 2016, Gideoni Monteiro segue firme sua preparação para representar as cores do Brasil na Omnium, uma das provas mais complexas do programa de ciclismo de pista. Neste fim de semana o brasileiro participa do Troféu Internacional Car Anadia, em Portugal, evento classe 1 da União Ciclística Internacional (UCI) que conta com a presença de atletas de alto nível do circuito europeu, e já conquistou duas medalhas para o Brasil, um ouro e um bronze.

Curta o De Bike no Facebook.

Na Prova Por Pontos, Gideoni encaixou muito bem seus sprints e teve uma disputa acirrada pelo ouro contra o francês Benjamin Thomas, Mas o brasileiro acabou levando a melhor, encerrando a prova em primeiro lugar, com 72 pontos, um a mais que Thomas (71 pontos). O português Matias João completou o pódio em terceiro lugar (58 pontos). Na perseguição individual, mais uma disputa muito equilibrada, dessa vez com Benjamin Thomas levando o ouro, o português Ivo Oliveira, ficando com a prata, e o brasileiro terminando com o bronze.

Gideoni Monteiro em ação na pista

Ainda no velódromo nacional, em Sangalhos, Gideoni encarou as provas de scratch e 1km contrarrelógio. Na primeira, vencida pelo suíço Loic Perizzolo, o brasileiro terminou na sexta colocação, e na segunda, ficou com a sétima posição. Gideoni volta para a pista neste domingo (5), para competir na prova Madison.

– Estou muito feliz pois vejo que estou no caminho certo. A comissão técnica da seleção brasileira de ciclismo de pista está me acompanhando de perto, planejando cuidadosamente cada passo até os Jogos. Ainda temos muito trabalho pela frente nos próximos 60 dias, mas estou melhorando a cada dia para chegar no Rio de Janeiro em minha melhor forma -, contou o atleta.

A última vez que o Brasil contou com um representante em uma prova de ciclismo de pista nas Olimpíadas havia sido em Barcelona 1992, com Fernando Louro na prova por pontos. Gideoni Monteiro conquistou a classificação para a Rio2016 depois de uma maratona de competições importantes, confirmando a conquista no Mundial de Ciclismo de Pista, disputado no mês de março na Inglaterra.

A Omnium é uma prova que exige muita resistência e versatilidade do atleta, uma vez que consiste em seis corridas disputadas em dois dias de competição. São elas: Flying Lap, Prova Por Pontos, Eliminação, Perseguição Individual, Scratch e 1km Contrarrelógio. Os pontos são acumulativos durante todas as corridas e o atleta larga na Prova Por Pontos, última do programa, já constando os pontos acumulados nas cinco provas anteriores. O ciclista que tiver obtido maior quantidade de pontos depois de todas as provas será o grande vencedor.

Source: De Bike (Globo) / Gideoni Monteiro fatura duas medalhas para o Brasil em Portugal

Comments

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.