Site Overlay

Reset CSS

Todos os navegadores, das primeiras versões do Internet Explorer aos navegadores de celulares e tablets, possuem estilos padrões que são aplicados em todas as páginas, como o negrito da tag strong, a borda do legend e os tamanhos de fonte diferentes do h1 ao h6. E é claro que existem diferenças entre os padrões de um navegador para outro. Algumas dessas diferenças, por menores que possam ser, costumam afetar o trabalho, impactando no resultado final das páginas quando visualizadas em diferentes navegadores e soluções específicas para estes cenários precisam ser utilizadas.

Como qualquer problema recorrente no mundo de desenvolvimento, soluções já foram criadas para não nos preocuparmos com coisas assim e focarmos no trabalho de verdade. Os arquivos de reset, como são chamados, possuem uma gama de regras para alinhar os navegadores em um mesmo patamar de estilo, seja corrigindo problemas ou resolvendo inconsistências.

Talvez o mais famoso dos resets seja o Escrito pelo Eric Meyer, que criou a versão 1.0 em 2008 sua última atualização foi feita em 2011.

Os desenvolvedores do Yahoo! também criaram um reset sólido, o Yahoo! User Interface Library. Um ponto negativo do reset do Yahoo! é que ele remove alguns padrões importantes em alguns elementos, como o negrito da tag strong e a marcação lateral de itens em uma lista.

O Normalize.css (http://necolas.github.com/normalize.css/), é o reset mais utilizado atualmente. No lugar de sobrescrever diversas propriedades para definir um novo padrão de estilo para os navegadores, ele apenas adequa os pontos diferentes, preservando diversos estilos aplicados pelos navegadores, além de aproveitar para definir algumas melhorias sutis, removendo o outline de links e melhorando a formatação de elementos pre.

O código fonte do Normalize é muito bem escrito e documentado, o que lhe permite remover partes dele que não te interesse ou entender melhor o que ele faz.

Cada propriedade é devidamente documentada, e sabemos quais versões dos navegadores precisam das correções. Caso você não queria se preocupar com versões do Internet Explorer abaixo da 8, por exemplo, você pode remover do código fonte do Normalize as regras específicas destas versões.

Independente de qual reset você for usar, o mais importante é estar usando um, e faça disso parte do seu processo de desenvolvimento ao participar de novos projetos.

Isto não tira a responsabilidade de testar manualmente as páginas em diversos navegadores, mas impede que alguns problemas relacionados a posicionamento, tamanhos e fontes apareçam do nada e você tenha que dedicar tempo a esses problemas ao invés de se dedicar ao que precisa ser criado.

2

Source: scriptcase / Reset CSS

Comments

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.